Cantor Leno da Jovem Guarda / Imagem: Divulgação

Mais um show inédito no projeto que está comemorando 4 anos de sucesso

Os quatro anos do projeto Quartas Brasileiras, que mensalmente ocupa o horário das 16h no Imperator – Centro Cultural João Nogueira (Méier), estão sendo muito bem festejados. No dia 21 de Agosto de 2019, a comemoração é com um dos ídolos da Jovem Guarda: Leno, no show inédito “Simplesmente Leno. Após dez anos morando em Natal, o cantor começa a ensaiar seu retorno aos palcos para marcar seus 50 anos de carreira; e o Imperator é um especial palco para isso. É de lá que ele tem grandes recordações de seus fins de semana nas matinês com os primos e foi lá que fez seu último show no Rio, em 2017, ainda com Lilian, com quem formou uma dupla de muito sucesso.

Leno brinca que deu uma de Greta Garbo –atriz sueca que fez muito sucesso nos anos 1930 em Hollywood e largou a carreira no auge, aos 27 anos. Ele se recolheu em Natal há dez anos e de lá só saiu poucas vezes para se apresentar. Mas agora está animado para retomar o trabalho e escolheu o Imperator para isso.

Não poderia haver melhor escolha. E vai além das boas lembranças que Leno tem da casa. Há mais de um ano, fãs do ídolo da Jovem Guarda vêm pedindo por esse show nas redes sociais do Quartas Brasileiras. Tem fãs se organizando para vir de Pindamonhangaba, interior de São Paulo. É o mesmo grupo de cerca de 400 pessoas que reivindicou apresentação do cantor Márcio Greyck e lotou o Imperator no dia do show dele.

No show do dia 21 de agosto de 2019 – quando completam-se 30 anos de morte do cantor e compositor Raul Seixas, que será homenageado –, Leno vai contar com a banda Rock Revival, que já o acompanhou outras vezes. O repertório contará com sucessos do período da Jovem Guarda – como “Pobre menina”, “Flores mortas”, “A pobreza”, “Devolva-me”, “Aquela canção” e “A festa dos seus 15 anos” –, canções dos Beatles do recente EP “World Beatles for all” e do cult LP “Vida e obra de Johnny McCartney”, que foi censurado em 1970 e lançado em vinil em 2018.

“Vai ser muito interessante, inclusive pra mim mesmo; vou apresentar canções que eu raramente cantei ao vivo, que eu gravei, coisas dos anos 1960, outras gravadas posteriormente, ainda outras de discos independentes, e, claro, grandes sucessos da minha carreira, em dupla e solo. Enfim, canções que marcaram a minha vida”, empolga-se Leno.

O show vai contar com um convidado-surpresa: “um compadre, amigo desde os tempos da Jovem Guarda”, dá pistas Leno, que também quer destacar um antigo sucesso, muito relevante nesses tempos de preocupação com o meio ambiente. Leno já falava no tema lá na década de 1970. Com Ed Wilson, compôs “Flores mortas”, em 1974, falando de natureza e ecologia: “sou muito ligado ao meio ambiente e fiz a letra dessa canção, que tocou muito no rádio, foi primeiro lugar nas paradas no Rio e em São Paulo, e teve até clipe no Fantástico”, recorda ele se referindo ao programa dominical da TV Globo.

Toca Raul!

Leno vai tocar e cantar Raul Seixas. A data do show “Simplesmente Leno coincide com os 30 anos de morte do cantor e compositor de quem Leno foi parceiro. Além de terem composto juntos músicas como “O mundo dá muitas voltas”Leno foi o primeiro artista a gravar uma canção de Raulzito: “Fala lá quanto eu te adoro”.

Cantor Leno da Jovem Guarda / Imagem: Divulgação

Por todo esse envolvimento e essa coincidência – ou seria “conspiração astral”? –, Leno vai homenagear Raul Seixas com uma sequência musical no show.

Sobre o projeto Quartas Brasileiras

Criado pela dupla Fernanda Santos e Flávio Loureiro em 2015, o projeto Quartas Brasileiras vem ocupando um espaço importantíssimo na vida cultural da região do Grande Méier, levando shows de grandes artistas para um público carente de opções, sobretudo em horários mais acessíveis nestes tempos de insegurança e violência. Não à toa, o Quartas Brasileiras, que leva shows ao Centro Cultural João Nogueira – Imperator no horário das 16h, é sucesso de bilheteria. Quase 40 mil pessoas já assistiram aos espetáculos apresentados pelo projeto.

Pelo palco do Quartas Brasileiras, já passaram grandes nomes da nossa música como Ivan Lins, Zezé Motta, Áurea Martins, Golden Boys, Jerry Adriani, Wanderley Cardoso, Eduardo Dussek, The Fevers, Leny Andrade e Miele.

Fernanda Santos e Flávio Loureiro estão felizes com a missão cumprida. E a missão é bem cumprida porque eles ouvem os espectadores, as sugestões do público. Os dois curadores estão sempre atentos às expectativas de quem prestigia o projeto Quartas Brasileiras. Daí o sucesso que já está em seu quarto ano.

Serviço

Projeto Quartas Brasileiras

Leno no show “Simplesmente Leno

Dia: 21 de Agosto de 2019

Horário: 16h

Local: Imperator – Centro Cultural João Nogueira

Endereço: Rua Dias da Cruz 170, Méier. Tel: 2597-3897

Classificação etária: Livre

Ingressos: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia)

Lotação da casa: 724 

Fonte: Assessoria de Imprensa / Sheila Gomes

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui